Você está aqui
Home > Damas do Esporte > Ação Social > Banco de sangue faz gol de placa ao lançar projeto que dá camisa do clube ao torcedor que fizer doação

Banco de sangue faz gol de placa ao lançar projeto que dá camisa do clube ao torcedor que fizer doação

Rubro-negros podem doar a partir de amanhã 

Por Fernanda Pizzotti

O banco de sangue Serum – Hematologia e Hemoterapia, que atende 47 hospitais no Rio de Janeiro entre públicos e particulares, lançou a campanha que vai unir as torcidas cariocas. Em tempos de zyka, chikungunya e H1N1, a busca de doações segue em ritmo acelerado. A campanha inédita na cidade tem como alvo, a partir desta sexta-feira (10), a torcida do Flamengo. A primeira edição da campanha “Raça, Amor & Sangue” será realizada até o dia 30 de junho e os torcedores receberão uma camisa no ato da doação.

De acordo com a funcionária Andyara Spiguel, que trabalha na captação de doadores do banco, o objetivo é esgotar a primeira remessa de camisas rubro-negras nos primeiros dias.

“A gente espera que os torcedores do Flamengo façam jus ao título de maior torcida e compareçam. Vamos disponibilizar, inicialmente, 200 camisas e se tivermos o resultado esperado, faremos outra encomenda. Pretendemos bater os recordes dos vascaínos e botafoguenses”, disse a funcionária.

Andyara explica que foram os torcedores do Botafogo quem deram início a essa partida tão disputada. Com o slogan “Bota Sangue, Vivo essa Paixão!”, a campanha foi realizada em abril. No mês seguinte, foi a vez de os cruzmaltinos participarem. A campanha “Vascaíno Sangue Bom” foi, inclusive, prorrogada devido a grande adesão dos vascaínos. Foram obtidas cerca de 500 doações envolvendo os torcedores dos dois times.

Andyara lembra que uma doação pode salvar até quatro vidas e ressalta que os homens podem doar até quatro vezes por ano e as mulheres até três vezes no mesmo período.

– É um trabalho árduo, além de ser uma luta contra o tempo. A doação leva, em média, 30 minutos, e não dói. Por conta dessas doenças, do frio e até mesmo da crise, as pessoas não estão doando. Elas têm medo, por exemplo, de perder o emprego já que a pessoa tem direito ao atestado médico.

A campanha do Fluminense será a próxima. O slogan ainda não foi definido, mas os tricolores já podem se preparar para fazer o gol da solidariedade em julho.

– É você fazer o bem sem saber a quem. Muitos se perguntam: o que eu vou ganhar com isso? Você pode salvar até quatro vidas! –, enfatizou, entusiasmada, a funcionária.

A campanha já acontece nas outras filiais do Serum pelo Brasil como, por exemplo, em São Paulo, Recife e Minas Gerais, e tem feito golaços. A filial em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, já realizou a campanha quatro vezes. No Rio de Janeiro foi dado o pontapé inicial e pretende-se realiza-la, ao menos, duas vezes por ano.

 

Serviço:

1ª Campanha Raça, Amor e Sangue

Data: 10 a 30 de junho

Horário: De segunda a sexta-feira, das 8h às 16h e e aos sábados das 8h às 12h

Local: Hospital da Ordem Terceira do Carmo, 3º andar

Endereço: Rua do Riachuelo, n° 43, Centro – RJ

Sobre o Serum

O Banco de Sangue Serum atua há mais de 24 anos em todo o Estado do Rio de Janeiro atendendo aos hospitais públicos e privados da região e precisa de, no mínimo, 70 doações por dia para atender a esta demanda com segurança. O sangue coletado ajuda a salvar vidas de pacientes de hospitais públicos e privados localizados nos municípios do Rio de Janeiro e Baixada Fluminense. Para doar basta comparecer no Hospital da Ordem Terceira do Carmo, 3º andar, na Rua do Riachuelo, n° 43, no Centro do Rio de Janeiro – próximo aos Arcos da Lapa. O horário é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h e aos sábados das 8h às 12h. Outras informações: http://www.doesanguedoevida.com.br/

O que você precisa para doar sangue?

– Estar em boas condições de saúde.

– Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos.

– Pesar no mínimo 50kg.

– Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).

– Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 3 horas que antecedem a doação).

– Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

Fotos: Divulgação/Serum

Deixe uma resposta

Top