Você está aqui
Home > Esportes Olímpicos > Vôlei > Brasil estreia com vitória em Grand Prix

Brasil estreia com vitória em Grand Prix

Por Simone Saltiel

Nesta quinta-feira (9), as meninas do vôlei brasileiro fizeram sua estreia no Grand Prix, também inaugurando a Arena Carioca 1, que será palco das Olimpíadas no Rio de Janeiro. As brasileiras começaram o campeonato com o pé direito, vencendo a Itália por 3 sets a 1.

622_554fdd12-2653-3930-9eb3-abca15f68253
Equipe brasileira estreia com pé direito em Grand Prix (Foto: Divulgação/CBV)

No começo do jogo a equipe brasileira parecia estar fora do ritmo e ainda tentando se encontrar dentro da quadra. A líbero Camila Brait começou um tanto quanto insegura no passe, o que de certa forma desestabilizou o time nesse quesito. Mas também precisavam melhorar na questão dos saques. Saíram atrás e perderam o primeiro set (23/25). Hora de tentar consertar os erros e lutar para virar o jogo.

A líbero italiana, De Genaro, era um dos destaques da partida, mostrando muita habilidade e velocidade desde o início.

No segundo set, a resposta brasileira não demorou a aparecer e logo conseguiram se recuperar. O técnico Zé Roberto optou apenas por dar ritmo a equipe titular, fazendo inversões de 5-1 em algumas passagens de rede, com Roberta e Tandara, e uma entrada de Gabi no saque. Camila Brait também conseguiu se estabilizar e a partida começou a fluir melhor para o lado do Brasil.

Além de estarem com mais garra e força de vontade na segunda parte do jogo, as brasileiras contaram também com muitos erros das italianas, o que fez com que conseguissem vencer o segundo set com facilidade (25/15).

world_grand_prix_2016_brasil_x_italia_0467
Bloqueio brasileiro aparece bem na partida (Foto: Divulgação/CBV)

O Brasil entrou em quadra no terceiro set bem mais confiante, após a excelente reação no set passado. A central Juciely, que ainda briga por uma vaga entre as titulares, se destacava bem no ataque, quando já havia se estabilizado o passe e os saques brasileiros. Mas não se destacou muito no bloqueio, pontuando apenas uma vez. A talentosa oposta Sheilla também demonstrou muito bom aproveitamento no ataque em grande parte da partida.

Com o Brasil já no ritmo do jogo, a seleção conseguiu finalizar o set com sucesso, vencendo mais uma vez (25/15).

No quarto set as italianas nitidamente não aceitavam entregar o jogo, apesar de estarem cometendo muitos erros durante a partida. Com isso, começaram a crescer, em uma tentativa de vencer o set e chegar ao tie-break, para que elas ainda tivessem a oportunidade de virar.

Em contrapartida, a queda do Brasil nesse set foi nítida. As meninas estavam confiantes demais e pareciam achar que o jogo já estava ganho, o que fez com que elas relaxassem mais do que deveriam. Os saques voltaram a piorar e algumas performances não correram conforme o esperado.

As italianas dominavam o set, pelas mãos de Diouf e Sylla. Naquele momento o ataque do Brasil não estava se encaixando e havia muitos problemas na recepção das bolas. Mas as brasileiras não se deixaram abater e voltaram a reagir. No set point, as italianas cometeram uma invasão e perderam a chance de finalizar o set. Na sequência, o paredão brasileiro voltou a funcionar, deixando tudo igual em bloqueio triplo. Com isso, a esperança e a garra voltaram a bater à porta das brasileiras e a seleção tomou a frente mais uma vez. Venceram o quarto e último set (27/25) da partida, dominado por fortes emoções, finalizando com uma vitória de 3 sets a 1.

Com esse resultado, o Brasil sai na frente no grupo B da primeira rodada da competição. Em outro jogo, que também aconteceu nesta quinta (9), o Japão venceu a Sérvia por 3 sets a 0 (31/29, 25/18) e 28/26).

A seleção brasileira volta à quadra nesta sexta-feira (10), às 14h10, contra o Japão.

 

 

Deixe uma resposta

Top