Você está aqui
Home > Damas do Esporte > Ação Social > Gabriel Medina inaugura instituto que leva seu nome no início de 2017

Gabriel Medina inaugura instituto que leva seu nome no início de 2017

O surfista de Maresias se diz orgulhoso com novo projeto 

Medina
Gabriel Medina (Foto: Globo.com)

Por Simone Saltiel

Há pouco mais de um ano, Medina anunciou que gostaria de ajudar crianças que sonham em ser atletas, e que já estava em processo de criação o projeto social, que levará seu nome.

O Instituto Gabriel Medina, que será inaugurado no início de 2017, terá sua sede na cidade natal do surfista, São Sebastião-SP. O objetivo será descobrir novos talentos em crianças e jovens de 10 a 16 anos, além de apoiar também a educação escolar delas.

– Sempre gostei de ajudar quem precisa, vai ser uma honra ajudar a molecada. Quero retribuir o que ganhei e será feito com muito carinho. Espero que achemos novos talentos – afirmou Medina, durante uma entrevista coletiva ano passado, no Rio de Janeiro.

O local, que tem 336 metros quadrados de área construída, e com acesso direto à praia, foi escolhido a dedo por Gabriel e sua equipe, por ser um lugar com boas ondas para quem ainda está aprendendo a surfar.

Instituto Gabriel Medina, ainda em construção, está localizado em avenida principal de Maresias (Foto:  Verônica Naviskas/ Divulgação / Globo.com)
Instituto Gabriel Medina, ainda em construção, está localizado em avenida principal de Maresias (Foto: Verônica Naviskas/ Divulgação / Globo.com)

Mas como vai funcionar e quem poderá entrar para o projeto?

Serão selecionados 60 jovens e crianças, entre 10 e 16 anos, que sejam da região de Maresias, em São Sebastião. A ideia no início é que sejam prestigiados os talentos locais. O critério será técnico, e terá como parâmetro as três etapas do Circuito Medina / ASM 2016, que se encerra em novembro.

A ideia é que os jovens passem um período do dia no instituto, durante a semana. Quem estuda de manhã, fica no local à tarde, e quem estuda a tarde, treina de manhã.

O instituto vai oferecer uma orientação particular para cada um de seus 60 atletas e vai contar com atividades como aulas de natação e academia para musculação e ginástica. Além de um auditório para palestras, reuniões e eventos abertos à imprensa, sala médica e um refeitório para café da manhã e almoço. E, para completar, haverá ainda um pequeno Museu Gabriel Medina, que contará com exposição de fotos, troféus, pranchas, entre outros itens.

Em nova coletiva de imprensa essa semana, Medina se diz orgulhoso de estar engajado com esse projeto e afirma que também será ajudado nesse novo desafio:

– Eu vou resolver um pouco de mim com essa molecada. Quero dividir tudo com eles. Minha experiência, minhas dificuldades, sempre que possível eu vou estar muito próximo. E isso vai ser muito bom pra mim também – afirmou.

O projeto também pretende promover pequenos campeonatos, para motivar e colocar em prática todo o treinamento realizado diariamente com as crianças. E, além do treinamento, a ideia é que o instituto seja uma espécie de patrocinador dos atletas. Charles Saldanha, padrasto e treinador de Gabriel, que também participou da coletiva de imprensa, ainda está analisando a possibilidade de pagar salários para os surfistas que mais se destacarem nas competições:

– A criança não vai pagar nada para estar aqui, seremos o patrocinador oficial de cada um. Serão 60 filhos que vamos ganhar (risos). Vamos ter o maior orgulho do mundo se eles chegarem lá e conseguirem realizar os seus sonhos no mundo do surfe – disse.

Sophia Medina quer seguir os passos do irmão (Foto: Basilio Ruy / ricosurf.com.br)
Sophia Medina (Foto: Basilio Ruy / Divulgação)

Sophia Medina, de 11 anos, a irmã caçula de Gabriel, já está animada com o projeto e afirma que estará no instituto todos os dias treinando com as outras crianças:

– Estou ansiosa para que fique pronto logo. Eu quero treinar lá, com certeza, vai ser minha casa (risos) – comenta a menina, que está participando do Circuito Medina.

Os surfistas que ficarem melhores colocados no Circuito Medina já largam na frente na busca por uma vaga no instituto em 2017. A lista oficial, com os 60 jovens convocados, sai em novembro, após a terceira etapa da competição, com prioridade para os talentos de Maresias.

As Damas do Esporte parabenizam e apoiam Gabriel Medina por esse projeto, que com certeza vai ser um sucesso!

Deixe uma resposta

Top