Você está aqui
Home > Esportes Radicais > Surf > Hurley Pro 2016: Rumo à Califa

Hurley Pro 2016: Rumo à Califa

A oitava etapa do WCT tem janela aberta entre os dias 07 e 18 de setembro 

Sem título

Está aberta, a partir desta quarta-feira, 07, a janela para a oitava etapa do WCT 2016. A Hurley Pro,  na Califórnia, Estados Unidos, é uma das etapas preferidas do público por ser uma onda high performance. A competição acontece no pico de Lower Trestles, em San Clemente, onde a direita é mais longa que a esquerda, porém os dois lados quebram com perfeição.

Cinco anos após os brasileiros dominarem as ondas de Trestles, onde, inclusive, se deu a origem do termo Brazilian Storm, teremos dez surfistas na disputa pelo título da oitava etapa do CT: Miguel Pupo, Gabriel Medina, Alex Ribeiro, Adriano de Souza, Wiggolly Dantas, Filipe Toledo, Italo Ferreira, Caio Ibelli, Jadson André e Alejo Muniz. Lembrando que Medina continua na corrida pelo topo do ranking mundial. O surfista atualmente ocupa o terceiro lugar, com 35700 pontos.

292080_632290_160823_gabrielmedina_d_tahiti16poullenot_feK0NR6
Gabriel Medina pode assumir a liderança do ranking mundial em Trestles (Foto: WSL / Divulgação)

O atual líder do ranking John John Florence chegou a ser dúvida em Trestles, já que na sétima etapa, realizada em Teahupoo, no Taiti, sofreu uma lesão no joelho em sua última onda surfada contra o norte-americano Kelly Slater na final. Mas, segundo o próprio havaiano, já está tudo ok e sua presença confirmada na Califórnia, onde irá usar a lycra amarela pela primeira vez.

Mick Fanning, que esse ano resolveu ter um ano quase sabático, escolhendo competir apenas nas etapas que mais gosta, volta a fazer parte do CT em Trestles. Sua volta nessa etapa já era esperada, pois poderá defender o título que ganhou em 2015.

Os dois wildcards na Califa serão os norte-americanos Brett Simpson e Tanner Gudauskas, que disputaram uma triagem no mês de julho no pico californiano T-Street, localizado em San Clemente. Entre os desfalques, continuam os australianos Owen Wright e Bede Durbidge, por lesão. Em seus lugares ainda estão o australiano Stuart Kennedy e o havaiano Sebastian Zietz.

Após a disputa na Califórnia, ficam faltando apenas mais três etapas: Landes, na França, de 4 a 15 de outubro, Peniche, em Portugal, entre 18 e 29 de outubro, e o Pipeline Masters, no Havaí, de 8 a 20 de dezembro.

A primeira chamada para a etapa de Trestles será nesta quarta-feira, 07, a partir das 11h30, pelo horário de Brasília.

Fiquem ligados e vamos torcer mais uma vez pelos nossos brazucas!

CONFIRA AS BATERIAS DO ROUND 1

Ht1: Jordy Smith (AFS) x Nat Young (EUA) x Keanu Asing (HAV)
Ht2: Julian Wilson (AUS) x Kanoa Igarashi (JPN) x Ryan Callinan (AUS)
Ht3: Adrian Buchan (AUS) x Miguel Pupo (BRA) x Kai Otton (AUS)
Ht4: Gabriel Medina (BRA) x Adam Melling (AUS) x Alex Ribeiro (BRA)
Ht5: Matt Wilkinson (AUS) x Conner Coffin (EUA) x a definir
Ht6: John John Florence (HAV) x Davey Cathels (AUS) x a definir
Ht7: Adriano de Souza (BRA) x Wiggolly Dantas (BRA) x Matt Banting (AUS)
Ht8: Kelly Slater (EUA) x  Filipe Toledo (BRA) x Jeremy Flores (FRA)
Ht9: Italo Ferreira (BRA) x Caio Ibelli (BRA) x Jack Freestone (AUS)
Ht10: Mick Fanning (AUS) x Joel Parkinson (AUS) x Jadson André (BRA)
Ht11: Kolohe Andino (EUA) x Josh Kerr (AUS) x Stuart Kennedy (AUS)
Ht12:  Sebastian Zietz (HAV) x Michel Bourez (TAH) x Alejo Muniz (BRA)

 

 

Deixe uma resposta

Top