Você está aqui
Home > Outros > Trilhas do Rio de Janeiro

Trilhas do Rio de Janeiro

Trilhas do Rio de Janeiro

trilhas-rio-de-janeiro
Trilha Pedra da Gávea

Vista para a Lagoa, para o mar, para a maior floresta urbana do mundo, a Floresta da Tijuca, e para a área urbana, entre favelas e prédios luxuosos, o que não faltam no Rio são ângulos privilegiados para curtir a cidade lá de cima. E o melhor: de graça!

Que tal aproveitar as paisagens e também se exercitar, em trilhas de diferentes graus de dificuldade? Confira oito dicas de algumas trilhas dessa Cidade Maravilhosa que tivemos a oportunidade de conhecer.

Em qualquer opção escolhida, não esqueça de passar filtro solar, repelente e de usar roupas e tênis confortáveis para longas caminhadas.

Nível fácil

trilhas-rio-de-janeiro
Trilha do Pico do Sacopã

Trilha do Pico do Sacopã

O passeio em família no Parque da Catacumba, em frente à Lagoa Rodrigo de Freitas, pode ser complementado com uma linda vista, no Pico do Sacopã. Com uma caminhada leve, de cerca de 20 minutos, é possível chegar ao topo do morro. A trilha é bem sinalizada e recomendada para pessoas de todas as idades, inclusive crianças.  De lá, pode-se contemplar a Lagoa, o Cristo Redentor, a praia de Ipanema, o Morro Dois Irmãos e a Pedra da Gávea ao fundo.

Como chegar? A trilha começa no Parque da Catacumba, na Lagoa. Há estacionamento no local.

Trilha do Morro da Urca

Um dos principais cartões postais do Rio de Janeiro também pode ser visitado por trilha. O passeio bom para curtir em família, tem cerca de 1,5 quilômetro de extensão e leva até o cume do Morro da Urca. São 40 minutos de caminhada e, ao chegar no topo, é possível comprar ingressos para subir até o Pão de Açúcar ou descer para a Praia Vermelha.

Como chegar? A trilha começa na pista de caminhada Claudio Coutinho, no canto esquerda da Praia Vermelha.

trilhas-rio-de-janeiro
Tilha Pedra Bonita

Trilha da Pedra Bonita

Para quem procura uma vista maravilhosa e sem muita dificuldade, a Pedra Bonita é uma ótima opção. O cume é enorme, conta com a Pedra da Gávea imponente, bem de frente, e vários outros ângulos, tanto para a Zona Sul, quanto para São Conrado e Barra.  A subida é um pouco íngreme e dura até 40 minutos.

Como chegar? A trilha fica na Estrada Pedra Bonita, na bifurcação da Estrada das Canoas, no meio da Floresta da Tijuca. Ela começa no mesmo local de onde saem os vôos livres, de asa delta e parapente.

Trilha do Morro Dois Irmãos

Sem dúvidas o cume do “irmão maior”, no Morro Dois Irmãos oferece um dos visuais mais sensacionais da cidade, além de ter uma trilha super tranquila. Em uma subida de cerca de meia hora é possível apreciar a Zona Sul da cidade, de um lado, e a Pedra da Gávea com a Zona Sul ao fundo, do outro. Durante a subida, o aventureiro também consegue ver a comunidade do Vidigal de cima.

Como chegar? Na entrada do Vidigal há meios de transportes alternativos, como kombis e moto-táxis. Basta pedir para ir até o “alto Vidigal”, de onde sai a trilha, que fica perto de um campo de futebol da Vila Olímpica da comunidade.

Nível moderado

Trilha do Pico da Tijuca

O Pico da Tijuca é a montanha mais alta da Floresta da Tijuca, com altitude de 1.022 metros. A trilha é bem sinalizada, mas para chegar ao cume, exige um bom preparo físico para encarar a subida íngreme e os 117 degraus no final, que podem causar um certo desconforto para quem tem medo de altura. No final do trajeto é possível avistar a Baía de Guanabara, a Pedra da Gávea, assim como alguns pontos da Zona Norte da Cidade, como o Estádio Maracanã.

Como chegar? A trilha começa perto do Largo do Bom Retiro, no Parque Nacional da Tijuca. É só seguir as placas.

Trilha do Pico Tijuca Mirim

O percurso até o Pico Tijuca Mirim começa no mesmo local do anterior, mas exige menos tempo e um esforço menor.  É uma boa opção para quem preferir subir em menos tempo e quiser contemplar uma boa parte da Floresta da Tijuca, com vista para a Zona Norte da cidade e, ao longe, para o Cristo Redentor e Pão de Açúcar.

Como chegar? A trilha começa perto do Largo do Bom Retiro, no Parque Nacional da Tijuca. É só seguir as placas.

trilhas-rio-de-janeiro
Trilha Praia Perigoso

Praia do Perigoso

Para os aventureiros que gostam de praia, o Rio oferece praias escondidas por trilhas, depois da praia de Guaratiba. O percurso começa no final da praia de Guaratiba, subindo uma escadaria e logo depois a trilha. Apesar de um pouco longe, a caminhada não é tão pesada e é possível apreciar a vista do mar em quase todo o caminho. Durante o percurso, o visitante ainda tem a opção de subir até o topo da Pedra da Tartaruga ou descer para o caminho da praia.  Mas engana-se quem pensa que as praias ficam vazias por conta da trilha para chegar, no verão, o pedaço, não tão grande, de areia estava bem cheinho. Apesar disso, a praia fica em meio à Mata Atlântica e é bem mais limpa que as demais.

Como chegar? A trilha começa na Praia de Guaratiba, no centro do bairro. É possível estacionar o carro por lá, caso chegue bem cedo nos fins de semana (antes das 8h). A linha de ônibus 867- Campo Grande x Barra de Guaratiba também vai até lá. Chegando no final da praia, a subida começa por uma escada, um pouco depois começa a trilha.

Nível difícil

trilhas-rio-de-janeiro
Trilha Pedra da Gávea

Trilha da Pedra da Gávea

A famosa Pedra da Gávea é uma das trilhas mais difíceis da cidade. Além de exigir um bom preparo físico, tem níveis de dificuldade e alguns trechos que exigem um pouco de técnicas de escalada e muita atenção. Por conta do trajeto longo (pode durar até mais de 4 horas de subida), com partes difíceis e da carrasqueira (uma parede de aproximadamente 30 metros de altura, considerada o ponto mais perigoso e exige técnicas de escalada), recomendamos que contrate um guia experiente. Escolhemos a Nattrip Ecoturismo para nos auxiliar nessa aventura e valeu muito. Apesar das dificuldades para chegar ao cume, a vista ao chegar no alto dos 842 metros acima do nível do mar, do maior bloco de pedra a beira mar do planeta, realmente compensa qualquer esforço.

Como chegar? O acesso da principal trilha para a Pedra da Gávea é no final da Estrada do Sorimã que é acessada pela Barrinha (sub-bairro da Barra da Tijuca), onde no final dessa estrada existe uma pracinha onde estacionamos os carros. A trilha começa no final da estrada ao lado direito de um portão verde (número 936). No começo da trilha existe uma placa com um mapa e um resumo das informações da trilha que inicialmente passa por um caminho colonial de pedras com alguma ruínas históricas.

One thought on “Trilhas do Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Top