Você está aqui
Home > Campeonato Brasileiro > Base decide e Fla vence o Clássico

Base decide e Fla vence o Clássico

Lincoln comemora o gol junto ao seus companheiros de equipe. (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo.)

Mais um clássico marcado por muita confusão. Mais uma vez torcidas de Botafogo e Flamengo protagonizaram cenas lamentáveis para o futebol nacional. E, se fora das quatro linhas a temperatura alta tomava conta, dentro não foi diferente.

Em campo, o clássico ficou marcado por jogo amarrado, expulsão pelo lado alvinegro, clima quente e muitas, muitas faltas. Só na primeira etapa, foram 18 marcadas, sendo 11 do Flamengo e 7 do Botafogo. Além das outras inúmeras faltas não marcadas pelo árbitro Vuaden. No total, foram 29 durante a partida com direito a sete cartões amarelos para o Bota, três para o Fla e um cartão vermelho para Luiz Fernando, meia do Botafogo.

Bruno Henrique e Joel Carli não se entendiam e os ânimos ficaram à flor da pele. Vale destacar que o zagueiro alvinegro é Argentino e o confronto, o mais importante do ano, da Libertadores, é contra o River Plate, equipe da Argentina. Seria esse tipo de comportamento do time adversário a se esperar na grande final?

Mas a noite era rubro-negra. E o Flamengo precisava da vitória para continuar com a gordurinha de 8 pontos em relação ao vice-líder Palmeiras. Bruno Henrique, que é conhecido como o carrasco dos clássicos, dessa vez não marcou. Do outro lado, o Botafogo amargou sua quarta derrota consecutiva e terminou a rodada na zona do rebaixamento.

Coincidência do destino, ou não, Lincoln, que havia se lesionado na 12ª rodada, no confronto justamente contra o alvinegro carioca, voltou aos gramados quase três meses e meio após a lesão no músculo posterior da coxa direita e deu a vitória ao rubro-negro.

O jovem atacante entrou aos 31 minutos do segundo tempo na substituição de Vitinho e, após cruzamento de Bruno Henrique, colocou a bola no fundo da rede para delírio da nação. Lincoln, a salvação da massa rubro-negra, ainda foi eleito o Rei da Partida pelas Damas do Esporte.

Com a derrota, o Botafogo que não encontrava o Z-4 desde a 1ª rodada, volta a encontrar o tenebroso fantasma do rebaixamento.

E o Flamengo? Está cada vez mais difícil segurar o líder.

Deixe uma resposta

Top