Você está aqui
Home > Futebol > Licença, mas é preciso falar de Arão!

Licença, mas é preciso falar de Arão!

Foto: Marcos Limonti/AM Press/Lancepress!

Você já ouviu a famosa frase: “mil e uma utilidades”? Pois bem, o significado é bem simples: Algo ou alguém que faz várias coisas e que é muito útil. Feche os olhos e pense em um jogador que se encaixe nessas características… pensou?

Willian Arão,  primeiro ou segundo volante, zagueiro, já foi cogitado como lateral direito e, ontem, atacou de centroavante com o gol. Mas, não se espante se vir o cara como goleiro… ele chegou a brincar com Diego Alves em uma partida que poderia catar em seu lugar.

Literalmente, mil e uma utilidades.

A relação entre Arão e a torcida não é das mais tranquilas. Uns criticam o jogador por qualquer atitude em campo, falam que é preciso tirar o camisa 5 do time. As críticas existem e são fundamentais para que haja melhora, certo? Só que, verdade seja dita, Willian Arão, hoje, é uma das peças-chave no elenco. Ele é o cara, que ao lado de Diego, enfrentou a má fase vivida pelo time Rubro Negro. Aguentou a pressão daqueles tempos na sede por títulos de grande expressão e permaneceu firme, se moldando, evoluindo e se reinventando.

As falhas vão acontecer, muitas vezes ainda, porém, tenho certeza que dedicação não vai faltar para corrigi-las.

Desde 2016 no Flamengo, é o jogador que mais vestiu a camisa Rubro Negra na última década, mais de 270 jogos. Superando questionamentos, ele colheu os frutos dos tempos difíceis, conquistando a América em 2019. Ao todo, são nove títulos pelo clube. Podemos afirmar que Willian já deixou seu nome marcado na história e caminha para ser ídolo de uma nação.

Tá bem, Arão!

Deixe uma resposta

Top